04/02/2009

planos de aula

PLANO DE AULA - DATA: 02/02/2009 (SEGUNDA-FEIRA)

Falar um pouco de mim para os alunos.
Pedir para cada aluno se levantar e se apresentar para a turma dizendo seu nome, bairro onde mora, nome dos pais, ...

Convidar os alunos para um bate-papo e perguntar o que gostariam de aprender, o que esperam de você e, principalmente, peça a eles que dêem sugestões para o dia-a-dia.

Deixar claro o que espera dos alunos e quais são seus planos para o ano letivo que está começando.

Para o primeiro dia de aula:
Texto:

(Passar no quadro)
ESTE ANO SERÁ UM SUCESSO SE...Este ano será um sucesso se...houver um sorriso de otimismo,um sonho de beleza em seu coração epoesia nas pequenas coisas: na simplicidade da flor,na inocência das crianças, no silêncio interior,na amizade, no momento presente,na oportunidade de ser bom, ser amigo e compreensivo;sensível ao sofrimento alheio,grato ao passado que lhe proporcionou experiências para o futuro.Este ano será um sucesso se...você for franco sem ferir,tiver fé em si, no próximo e em Deus e,acima de tudo, expressar o que pensa do outrocom uma palavra de carinho, de apoio,de reconhecimento, de bondade e encorajamento.Este ano será um sucesso se...você souber vencer a preguiça, o orgulho,a indiferença ao sofredor, a tentação da riqueza, da intriga e da inveja,da intolerância ao ignorante, ao que tem idéias diferentes das suas,ao menos inteligente, ao egoísta, ao mesquinho.Este ano será um sucesso se...você socorrer a quem precisa, aconselhando-o,estendendo-lhe a mão, dando-lhe ajuda no momento certo,economizando bens materiais,esbanjando amor e solidariedade,entendendo a criança e o idoso,o adulto que não teve infância e aquele que não sabe amar.Este ano será um sucesso se...você der um “bom dia” de coração eenfrentar com esportividade as desventuras, semear a paz e o amor,vibrar com a felicidade alheia, com a beleza do sol acordando o dia,com a gota de orvalho na flor.Este ano será um sucesso se...você valorizar cada vitória e o mundo de oportunidadesque se abrirem diante de você e,começar cada dia com Deus!Se você for sensível a tudo isso,então este ano será um sucesso para você epara os que viverem ao seu redor!INTERPRETAÇÃOPense no texto, no ano que inicia e responda:1) O que você fará para que seu ano e o das pessoas que o rodeiam na escola, na família e amigos seja um sucesso?2) Para você, que atitudes e sentimentos podem fazer com que o ano não seja um sucesso?3) Explique a segunda estrofe do texto com suas palavrasNo texto diz que “este ano será um sucesso se você enfrentar com esportividade as desventuras...” O que será que o autor quer dizer com esta expressão?4) Procure no dicionário o significado das seguintes palavras:Intriga: •Intolerância: •Mesquinhez: •Solidariedade: •Agora, escreva frases com estas palavras.OBS.:Solicitar aos alunos que leiam o texto com a família, conversem sobre ele e elaborem duas regras para uma boa convivência durante o ano.No outro dia, retomar o texto. Cada aluno lê suas regras e, juntos elaborar as regras da turma.




Dinâmica:

Desenho livre

Atividade:

dar uma folha para cada aluno e pedir para que escrevam nesta folha, quais as expectativas para o ano letivo que se inicia; o que achou da nova professora; o que achou dos colegas; e finalmente escrever uma mensagem para a professora.
Dar ficha de auto-avaliação; (xérox)

Dar a folha dos direitos e deveres do aluno.

PLANO DE AULA - DATA: 03/02/2009 (TERÇA-FEIRA)

PROFESSORA: Alessandra Ribeiro de Paula Azevedo
5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ESCOLA ESTADUAL DOM JOÃO VI
MATÉRIA
ARTES
MATEMÁTICA



CONTEÚDOS
E
OBJETIVOS

COLORIR AS CAPAS PARA ORGANIZAÇÃO DOS CADERNOS.
D16 Resolver situações-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da adição.
D17 Resolver situações-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da subtração.
D18 Resolver situações-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da multiplicação.
D19 Resolver situações-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da divisão.



ATIVIDADES
PREVISTAS


Explicação do conteúdo.
Cópia das atividades.


ESTRATÉGIA
(METODOLOGIA)


Cronometrar o tempo da atividade de acordo com as dificuldades;
Correção da atividade.



RECURSOS
MATERIAIS


material do aluno; quadro e giz;


DURAÇÃO
2 aula de 50 minutos
2 aulas de 50 minutos.
50 minutos

AVALIAÇÃO




Observação constante durante as atividades e anotar dificuldades encontradas pelos alunos.





MATEMÁTICA

1-O número 9 806 pode ser escrito da seguinte forma:

(A) nove mil e oitenta e seis
(B) nove mil oitocentos e sessenta
(C) nove mil oitocentos e seis
(D) nove mil oitenta sessenta

2- Carolina achou o mapa de um tesouro com a seguinte indicação: coloque-se de costas para a pedra grande e ande 157 passos para frente. Nesse local você encontrará uma árvore. Siga com 126 passos à direita da árvore e você encontrará um baú com o tesouro. A operação que permite calcular quantos passos Carolina deve andar para encontrar o tesouro é:


(A) 157 - 126
(B) 157 × 126
(C) 157 + 126
(D)157 ÷ 126

3- Renata recebeu uma encomenda de 250 ovos de chocolate. Já fabricou 114. Para determinar quantos ovos ela precisa fabricar para completar essa encomenda deve-se fazer a operação:

(A) 250 - 114
(B) 250 + 114
(C) 250 × 114
(D)250 ÷ 114


4- Joaquim tinha duas gatinhas, uma marrom e outra malhada e três gatinhos, um branco, um preto e o outro cor de mel. A operação que permite calcular quantos casais diferentes ele pode formar combinando cada gatinha com um dos gatinhos é:

(A) 2 + 3
(B) 2 × 3
(C) 3 – 2
(D)3 ÷ 2

5-Cláudia costura para uma loja e cortou 900 metros de fita em pedaços de 25 metros. Para determinar quantos pedaços de fita Cláudia obteve, precisamos efetuar a operação:

(A) 900 ÷ 25
(B) 900 – 25
(C) 900 + 25
(D) 900 × 25

6- Calcule o resultado de 425 + 1342.

(A) 5 592
(B) 4 592
(C) 2 767
(D) 1 767

7- Calcule o resultado de 578 – 46.

(A) 624
(B) 532
(C) 522
(D) 118

8- O resultado da divisão de 721 por 7 é:

(A) 10
(B) 13
(C) 100
(D) 103

































PLANO DE AULA - DATA: 04/02/2009 (QUARTA-FEIRA)

PROFESSORA: Alessandra Ribeiro de Paula Azevedo
5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ESCOLA ESTADUAL DOM JOÃO VI
MATÉRIA
PORTUGUÊS
MATEMÁTICA
EDUCAÇÃO FÍSICA


CONTEÚDOS
E
OBJETIVOS

II – IMPLICAÇÕES DO SUPORTE, DO GÊNERO E/OU DO ENUNCIADOR NA COMPREENSÃO DO TEXTO
D7 Identificar a função de textos de diferentes gêneros.
D8 Interpretar texto que conjuga linguagem verbal e não-verbal.
D3 Inferir informações implícitas em um texto.
D5 Inferir o sentido de palavra ou expressão.

D16 Resolver situações-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da adição.
D17 Resolver situações-problema com números naturais, envolvendo diferentes significados da subtração.
D29 Ler e interpretar informações e dados apresentados em tabelas.
D30 Ler e interpretar informações e dados apresentados em gráficos de coluna.




ATIVIDADES
PREVISTAS

Leitura do texto.
Cópia
Explicação do conteúdo.
Cópia das atividades.


ESTRATÉGIA
(METODOLOGIA)

Aula expositiva e dialogada;
Leitura individual;
Correção da atividade.

Aula expositiva e dialogada.
Leitura das atividades e explicação.
Correção da atividade.



RECURSOS
MATERIAIS

material do aluno; quadro e giz;
material do aluno; quadro e giz;


DURAÇÃO
2 aula de 50 minutos
2 aulas de 50 minutos.
50 minutos

AVALIAÇÃO

Observação constante durante as atividades e anotar dificuldades encontradas pelos alunos.


Observação constante durante as atividades e anotar dificuldades encontradas pelos alunos.





Matemática



Português
O PASTOR E O LOBO

Um pastor costumava levar seu rebanho para bem longe da aldeia. Fazia então uma brincadeira de mau gosto:
– Socorro! Socorro! – gritava. Os lobos estão atacando os meus
carneiros!
As pessoas largavam o que estavam fazendo e corriam para ajudá-lo.
O pastor torcia-se de rir, pois não havia lobo algum.
Um dia apareceram lobos de verdade. Enquanto eles devastavam o rebanho, o pastor, horrorizado, gritava:
– Socorro! Socorro! Corram, senão vão chegar tarde!
As pessoas pouco se incomodaram. Pensavam que o gozador estava
fazendo mais uma das suas.
E assim, ele perdeu todos os seus carneiros.
Triste, disse ele com seus botões:
– Os mentirosos só ganham uma coisa: não serem acreditados nem
quando dizem a verdade.
(GÄRTNER, Hans; ZWERGER, Lisbeth (Comp.). 12 fábulas de Esopo. Tradução Fernanda
Lopes de Almeida. 7. ed. Rio de Janeiro: Ed. Ática, 2003.)
01. Em “Enquanto eles devastavam o rebanho...”, o termo sublinhado refere-se a:
(A) lobos.
(B) carneiros.
(C) mentirosos.
(D) vizinhos.
02. Em “... o gozador estava fazendo mais uma das suas.”, a expressão destacada significa no texto:
(A) realizar o trabalho do dia-a-dia.
(B) levar o rebanho para longe da aldeia.
(C) atacar todos os carneiros do rebanho.
(D) fazer brincadeira de mau gosto.
03. Pelo final da história, você pode entender que o pastor aprendeu que
(A) "A mentira tem pernas curtas."
(B) "Quem tudo quer tudo perde."
(C) "A ovelha má põe o rebanho a perder."
(D) "Quem desdenha quer comprar."
04. O pastor dessa história é
(A) mentiroso e gozador.
(B) medroso e preguiçoso.
(C) solidário e brincalhão.
(D) alegre e respeitoso.
05. Os vizinhos não confiavam mais no pastor, porque ele
(A) resolvia sozinho os seus problemas.
(B) gritava por qualquer coisa.
(C) fingia que os lobos o atacavam.
(D) tinha muito medo dos lobos.
06. No trecho “– Socorro! Socorro! gritava. Os lobos estão atacando os meus
carneiros!”, o travessão indica o início da
(A) queixa do mentiroso.
(B) fala das pessoas.
(C) reclamação da vizinhança.
(D) gritaria do pastor.



PLANO DE AULA - DATA: 05/02/2009 (QUINTA-FEIRA)

PROFESSORA: Alessandra Ribeiro de Paula Azevedo
5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ESCOLA ESTADUAL DOM JOÃO VI
MATÉRIA
PORTUGUÊS
MATEMÁTICA



CONTEÚDOS
E
OBJETIVOS

I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA
D0 Compreender frases ou partes que compõem um texto.
D1 Identificar o tema ou o sentido global de um texto.
D2 Localizar informações explícitas em um texto.
D3 Inferir informações implícitas em um texto.
D5 Inferir o sentido de palavra ou expressão.
D10 Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato.


D13 Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamento e trocas na base 10 e princípio do valor posicional.
D14 Reconhecer a escrita, por extenso, dos numerais.



ATIVIDADES
PREVISTAS


Leitura e interpretação.
Resolução de problemas.
Operações.



ESTRATÉGIA
(METODOLOGIA)

Aula expositiva e dialogada.
Leitura individual
Cópia.
Aula expositiva e dialogada.
Leitura individual
Cópia.


RECURSOS
MATERIAIS

Material do aluno;
Quadro e giz.



Material do aluno;
Quadro e giz;


DURAÇÃO
1 aula de 50 minutos
2 aulas de 50 minutos.
50 minutos

AVALIAÇÃO

Observação durante a execução da atividade e verificação das dificuldades.
Observação constante no decorrer das atividades, avaliando as dificuldades encontradas pelos alunos.


Português
O LEÃO E O RATINHO
Ao sair do buraco viu-se um ratinho entre as patas do leão. Estacou, de pelos em pé, paralisado pelo terror. O leão, porém, não lhe fez mal nenhum. - Segue em paz, ratinho: não tenhas medo de teu rei. Dias depois o leão caiu numa rede. Urrou desesperadamente, debateu-se, mas quanto mais se agitava mais preso no laço ficava. Atraído pelos urros, apareceu o ratinho. - Amor com amor se paga - disse ele lá consigo e pôs-se a roer as cordas. Num instante conseguiu romper uma das malhas. E como a rede era das tais que rompida a primeira malha as outras se afrouxam, pôde o leão deslindar-se e fugir. Mais vale paciência pequenina do que arrancos de leão. (LOBATO, Monteiro. Obra infantil completa. Volume "Fábulas". São Paulo: Brasiliense)
AtividadeQuestões sobre o texto: 1. Quem é o autor deste texto e qual o nome do livro em que foi publicado? Resposta: Monteiro Lobato . "Obra infantil completa", volume "Fábulas". Habilidade de leitura avaliada: o aluno identifica informação no texto.
2. Por que o ratinho ficou paralisado pelo terror? Resposta: Porque o leão é um bicho enorme e assustador para um pequeno rato. Habilidade de leitura avaliada: o aluno faz inferências, isto é, identifica uma informação implícita no texto.
3. O que aconteceu ao leão, dias depois de ele ter encontrado o ratinho? Resposta: Caiu na rede Habilidade de leitura avaliada: o aluno localiza informação no texto.
4. Por que o ratinho resolveu ajudar o leão? Resposta: Para recompensar o leão por não ter devorado o ratinho em outra ocasião. No texto há "o amor com amor se paga" que poderia ser, inclusive, a moral desta fábula, mas Lobato preferiu outra. Habilidade de leitura avaliada: o aluno faz inferência.
5. Quem são as personagens do texto? Resposta: São o leão e o ratinho. Habilidade de leitura avaliada: identificar as personagens como um dos elementos caracterizadores da narrativa ficcional/fábula.
6. Quem conta a história? O ratinho? O leão? Outro? Resposta: nem um nem outro, mas um narrador que não participa da história. Habilidade de leitura avaliada: distinguir narrador de personagem, percebendo o foco narrativo (1ª ou 3ª pessoa)
7. Toda fábula possui uma moral da história. Qual é a moral deste texto lido? Resposta: Os alunos podem transcrever a moral do texto ("Mais vale paciência pequenina do que arrancos de leão."). Discuta com os alunos que se eles fizerem essa escolha, é preciso usar aspas para marcar que o texto não é deles, mas do Lobato. Aqui temos um exemplo de que os conhecimentos lingüísticos manifestam-se nas atividades de leitura e de produção de textos . Os alunos podem ainda fazer uma paráfrase, ou seja, usar suas próprias palavras para retomar a moral, como: a paciência dos pequenos vale mais que a força dos fortes (ou algo semelhante). Habilidade de leitura avaliada: localizar a moral como um dos elementos caracterizadores do gênero textual fábula.
8. O texto pode ser dividido em três partes. Localize-as. 1ª parte: o primeiro encontro do ratinho e do leão. Parágrafos_______ 2ª parte: o leão preso. Parágrafos______ 3ª parte: o segundo encontro. Parágrafos _______ (Respostas: Parágrafos 1 e 2; parágrafo 3 e parágrafos 4 e 5) Habilidade de leitura avaliada: perceber o enredo como uma das características do texto narrativo ficcional.
9. Você conhece todas as palavras do texto? Isto impediu você de entendê-lo? Resposta: Pessoal Habilidade de leitura avaliada: inferir o sentido de uma palavra ou expressão a partir do contexto imediato
9. Qual é a pontuação usada quando as personagens falam? Resposta: o travessão Habilidade de leitura avaliada: compreender o uso da pontuação na construção de um texto
10. Substitua a palavra grifada na frase a seguir pelo nome do animal correspondente no texto: Ele ficou paralisado pelo terror.Resposta: O ratinho (ficou paralisado pelo terror) Habilidade de leitura avaliada: identificar o pronome como recurso coesivo
11. Dê outro título ao texto. Resposta: Pessoal Habilidade de produção avaliada: produzir texto, levando em conta o tema
12. Contar alguma fábula que conheça para os colegas. Resposta: Pessoal Habilidade de produção avaliada: produzir texto (oral ou escrito), a partir de outro
Matemática















PLANO DE AULA - DATA: 06/02/2009 (SEXTA-FEIRA)

PROFESSORA: Alessandra Ribeiro de Paula Azevedo
5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
ESCOLA ESTADUAL DOM JOÃO VI
MATÉRIA
PORTUGUÊS
MATEMÁTICA



CONTEÚDOS
E
OBJETIVOS

I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA
D0 Compreender frases ou partes que compõem um texto.
D1 Identificar o tema ou o sentido global de um texto.
D2 Localizar informações explícitas em um texto.
D3 Inferir informações implícitas em um texto.
D5 Inferir o sentido de palavra ou expressão.
D10 Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato.


D13 Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamento e trocas na base 10 e princípio do valor posicional.
D14 Reconhecer a escrita, por extenso, dos numerais.



ATIVIDADES
PREVISTAS


Leitura e interpretação.
Resolução de problemas.
Operações.



ESTRATÉGIA
(METODOLOGIA)

Aula expositiva e dialogada.
Leitura individual
Cópia.
Aula expositiva e dialogada.
Leitura individual
Cópia.


RECURSOS
MATERIAIS

Material do aluno;
Quadro e giz.



Material do aluno;
Quadro e giz;


DURAÇÃO
1 aula de 50 minutos
2 aulas de 50 minutos.
50 minutos

AVALIAÇÃO

Observação durante a execução da atividade e verificação das dificuldades.
Observação constante no decorrer das atividades, avaliando as dificuldades encontradas pelos alunos.


Português




Matemática